Ações

Brinquedoteca

Criada em 2005, nossa Brinquedoteca é a casa da Ludocriarte. Aqui a gente se junta pra somar juntos, crescer na cidadania e na capacidade de expressão e intervenção social. Todo mundo pode mergulhar no mundo mágico da brincadeira! Sem falar que é nesse espaço que levamos vida a um punhado de projetos e atividades incríveis…

Ludocriarte Editora

Em 2012 nasceu a nossa editora, e de lá pra cá já foram  6 livros publicados, todos eles feitos por nós! Percorremos diversas temáticas, atravessamos vários projetos, e temos nossos livros como materialização final do processo de descoberta e criação de nossa comunidade. O mais incrível é que você pode você pode ler todos eles na íntegra!

Projetos em Execução

A Paz é a Gente que Faz! Infância e juventude unidas no Manifesto pela Paz.

2022/2023

A Associação Ludocriarte iniciou nesse ano de 2022 o projeto A paz é a gente que faz: infância e juventude unidas no manifesto pela paz. A iniciativa conta com o financiamento do Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente do DF (FDCA/DF) e visa a capacitação de 330 crianças, adolescentes e jovens, entre 06 e 17 anos, moradores da RA XIV – São Sebastião/DF, sobre a cultura de paz, por meio de metodologias pedagógicas centradas no brincar.

 

O projeto terá duração de 02 anos, sendo que o primeiro ano é dedicado à capacitação de um grupo de 90 crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos, no contra turno escolar, de segunda a quinta-feira, por meio de atividades lúdicas, artísticas e culturais sobre os 6 pilares do Manifesto pela Paz da Unesco, a Comunicação Não Violenta, a Comunicação Ecológica e a Mediação de conflitos. As oficinas estimularão reflexões sobre os avanços e retrocessos (globais e locais) ao longo dos últimos 20 anos desde o lançamento do Manifesto pela Paz e capacitarão os jovens para se tornarem multiplicadores da cultura de paz.

 

O projeto oferecerá apoio psicoemocional aos participantes e serão realizados encontros mensais de apoio emocional para os pais e/ou responsáveis centrados nos 6 pilares do Manifesto Pela Paz da Unesco, possibilitando assim que os conteúdos trabalhados com as  crianças e adolescentes sejam também abordados com os familiares, contribuindo para ressignificar as relações familiares sobre as bases da cultura de paz.

 

No segundo ano, a formação dos jovens focará no reconhecimento, domínio e difusão de importantes ferramentas como a Comunicação Não Violenta, a Comunicação Ecológica, além de minicursos de vídeo, teatro e ilustração para a criação das ferramentas didáticas de multiplicação, ou seja: um almanaque da paz, um vídeo e uma encenação psicodramática. A proposta é que os jovens multiplicadores tenham o desafio prático de, junto aos educadores oficineiros, propagar a experiência adquirida conduzindo Encontros de Paz em 03 escolas da rede pública de ensino do DF, a fim de envolver outras crianças, adolescentes e jovens na construção coletiva do Manifesto DF pela Paz, uma coletânea das considerações, propostas e compromissos reunidos ao longo das experiências nas escolas e a partir de enquetes a respeito de 04 temas geradores:

 

 

 


– Violência, bullying e outras formas de desrespeito à vida

– Relações de gênero e diversidade

– Liberdade de expressão

– Relação com ambiente e comunidade.

Ao final dessa jornada será realizado um evento cultural no qual serão apresentados e divulgados os produtos do projeto e onde iniciaremos a coleta de assinaturas para o Manifesto, lançando oficialmente um a campanha nacional pela subscrição do mesmo.

“A paz é uma caminhada que fica mais divertida se fizermos de mãos dadas, com arte e brincadeiras.”

Projetos Realizados

Ponto de Cultura Ludocriarte – Cultura da Infância

FAC MANUTENÇÃO DE ESPAÇOS – 2º ANO (2019/20) - Termo de Ajuste nº129/2018

O projeto Cultura da Infância realizou um total de 720 horas de atividades lúdico-culturais por meio de oficinas de Criação e Ilustração de Histórias, de expressão musical e de Fotografia e Filmagem. Ao todo, foram atendidas diretamente aproximadamente 80 crianças e adolescentes entre 6 e 14 anos. Como resultado das oficinas de Criação e Ilustração de Histórias foi publicado o livro Travessias com tiragem de 3 mil cópias, também foi publicado o livro Zezé, aquele que sabe o que quer, obra homônima, baseada no espetaculo teatral realizadas pelas crianças e adolescentes do nosso Ponto de Cultura em 2019. Como resultado das oficinas de musicalização foram produzidas duas músicas e seus respectivos videoclipes. As oficinas de fotografia e filmagem resultaram no blog Cultura da Infância, publicado neste site. Para o lançamento de cada um desses produtos foi realizado um evento online amplamente divulgado nas redes sociais: Travessias – Rotas e trajetos da cultura da infância na pandemia. Para acessar todos resultados  click aqui.

Direito de Brincar

Já deve estar claro que por aqui brincar é um direito muito importante, tão importante que não poderia faltar um projeto só pra isso! Foi então que financiados pelo Fundo da Criança e do Adolescente do DF (Termo de Fomento nº019/2019 e 2020), o projeto Direito de Brincar veio ao mundo, visando a garantia dos direitos de crianças e adolescentes à infância e, em específico, ao brincar, nas suas diferentes formas e linguagens.

Através de oficinas de ludicidade, teatro, artes plásticas, artesanato e cultura digital, realizamos várias atividades lúdicas, artísticas e culturais com 90 crianças e 20 adolescentes.

Ação em Rede

O Ação em Rede tinha o objetivo de proporcionar a formação e a capacitação para 7 instituições sociais da sociedade civil atuantes em São Sebastião-DF que se qualificaram no atendimento à crianças e adolescentes. Seu termo de compromisso foi firmado em 22 de outubro de 2018. Suas atividades formativas ocorreram na Ludocriarte e em sedes de instituições participantes e escolas públicas, como o CED São Francisco e o IFB – Campus São Sebastião.

O projeto realizou, ao longo de um ano, mais de 512 horas de atividades formativas, supervisão metodológica, oficinas temáticas de formação e qualificação, seminários, acompanhamento contábil-jurídico e participação política, beneficiando diretamente 21 bolsistas e 15 dirigentes das instituições selecionadas e, indiretamente mais de 500 pessoas.

As mesmas instituições contaram com estruturação material na perspectiva de gerar viabilidade em seus processos de gestão e execução das ações: receberam computadores, impressoras, microfones, caixas de som, data-shows, armários, uma TV e duas tendas 10×10

Zezé, aquele que sabe o que quer

Zezé é parte de um projeto maior, o “Cultura da Infância – Oficinas de criação e ilustração de histórias, cultura digital e expressão musical”, financiado pelo Fundo de Apoio a Cultura (FAC), Edital de Manutenção de Espaços nº05-2016, 1º e 2º ano.

Como resultado, tivemos um livro escrito, “Zezé, aquele que sabe o que quer”, e a produção de um espetáculo com o mesmo nome. E foi uma maravilha, Mais de 70 crianças passaram pelo palco do IFB Campus de São Sebastião para contar a história de Zezé, ou melhor, do valente e sonhador Zezé, que assumiu a missão de salvar o seu povo dos desmandos de uma terrível e poderosa feiticeira.

Projeto Raízes

Motivados por estimular reflexões sobre a ancestralidade africana e indígena no processo de construção das identidades das crianças por meio da linguagem artística e cultural, nasceu o Projetos Raízes – Percursos culturais e formativos no olhar de crianças e adolescentes, financiado pelo Fundo da Criança e do Adolescente do DF (Termo de Colaboração nº013/2017).

Atendendo 80 crianças e adolescentes, o projeto percorreu várias Oficinas Raízes que incetivaram a leitura, a música, as artes cênicas, visuais e plásticas e a valorização das culturas tradicionais. Ao longo da caminhada produzimos o livro “Nossas Raízes Multicoloridas”, 5 vídeoclipes e algumas apresentações.

Nossas Raízes Nordestinas

Apoiado pela Fundação Banco do Brasil

Entre 2017 e 2018, com o apoio da Fundação Banco do Brasil, realizamos o projeto “Nossas raízes nordestinas – Cultura e identidade sob o olhar da criança”. A ação evolveu 80 crianças num espaço de vivência e valorização de elementos da cultura nordestina, visando o fortalecimento da sua identidade.

Como resultado, e através de oficinas temáticas, músicas e danças, brinquedos e brincadeiras, leitura e contação de histórias, poesias e laboratórios de arte, os jovens da Ludocriarte contaram e cantaram sua história coletivamente pela literatura de cordel. Eis que temos o livro “Nosso Pé de Cordel Encantado”.

Nossa Ancestralidade Negra

Apoiado pela Fundação Banco do Brasil

Com o apoio da Fundação Banco do Brasil, nossas crianças mergulharam num retorno ao seu passado. O projeto “Nossa ancestralidade negra: cultura e identidade sob o olhar da criança”, ocorrido em 2016 e 2017, terminou por produzir o espetáculo UBUNTU – Eu sou porque somos”.

Veja como você pode ajudar...

Uma forma simples e direta de fortalecer nossas ações é por meio da campanha de contribuição permanente, em que você se responsabiliza por contribuições financeiras regulares equivalentes ao custo médio de uma criança atendida. Saiba mais!

Se você se sente motivado a colaborar, mas sem manter a regularidade mensal, sua doação livre será muito bem-vinda. Lembre-se, não importa se muito ou pouco, cada centavo é valioso! Doe agora

Uma forma de contribuir é se tornando um voluntário brincante. Cada pessoa pode participar com seu bom coração, com sua força de trabalho e ideias, dentro de seus dons e talentos, com a motivação de gerar benefícios aos nossos pequenos corações sencientes. Saiba mais

Se você tem alguma roupa, eletrodoméstico, utensílios para o lar, calçados, livros, cds, DVDs, aparelhos eletrônicos, material escolar, enfim, qualquer item em bom estado de conservação, doe-nos! Realizamos bazares mensais e precisamos sempre renovar os artigos que colocamos à venda. Se quiser contribuir, entre em contato conosco pelo telefone: (61) 3339-1976

Parcerias:

logo-ami-arrot

Para mais informações, entre em contato!

 Ficaremos felizes em poder contar mais sobre a associação!

telefone: (61) 3339-1976

whatsapp: (61) 999865797

email: ludocriarte@gmail.com

 

ou mande uma mensagem pelo formulário ao lado!

Horário de funcionamento da secretaria: segunda a sexta das 08:00 às 11:30 e 13:30 às 17:00.

Exceto às quartas e sextas pela manhã.